Dear Guide, can you awake ´me´?

This is a read-only part of the forum. All threads where seeing happens are stored here and come from this forum, the Facebook guiding area and various LU blogs. The complete list, sorted by guide, contains all links. The archives include threads of those that came to LU already seeing as well.
User avatar
alguidar
Posts: 145
Joined: Sun Jan 13, 2013 9:01 pm

Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby alguidar » Thu Aug 01, 2013 11:11 am

Looking for a guide.

Someone avaliable?

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Thu Aug 01, 2013 1:32 pm

Hello Alguidar.

You were guided earlier by Bezuda.

I'm portuguese. Do you want to be guided by me? If yes, can we do it in portuguese? Maybe it will be easier for us both.

Canfora

User avatar
alguidar
Posts: 145
Joined: Sun Jan 13, 2013 9:01 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby alguidar » Thu Aug 01, 2013 9:29 pm

Olá Canfora!


Vamos a isso!

Obrigado pela atenção e tempo disponibilizado!

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Thu Aug 01, 2013 9:50 pm

Olá, novamente Alguidar e bem vindo ao Fórum da LU.

Queres que te chame Alguidar? É um nome divertido. Parto do princípio de que é o Alguidar e não a Alguidar. Em caso de dúvida eu sou uma a :)

Vamos começar pelas formalidades.

Por favor, lê o "disclaimer" da LU - http://www.liberationunleashed.com/.

Depois vê se estás de acordo com o seguinte contrato:

1. Tu escreves aqui no fórum uma vez por dia, pelo menos (se tiveres de te ausentar avisa, por favor, eu faço o mesmo). Assim fica registado o teu processo, a tua evolução e é mais fácil para mim perceber o que se passa contigo. Além disso este inquérito é mais eficaz quanto maior for a intencidade que colocares na tua busca pela verdade;

2. O nosso diálogo vai ter o seguinte formato: eu faço perguntas e/ou proponho exercícios e tu investigas e respondes;

3. Quando responderes deves ser totalmente honesto;

4. As respostas devem ser dadas a partir da experiência direta. Longas análises filosóficas não são necessárias e podem criar obstáculos ao progresso;

5. Deixa de lado, por um tempo, tudo o que aprendeste até agora. Coloca todo o teu esforço e atenção em visualizar a realidade como ela é.

Confirma, por favor, se percebeste o "disclaimer" e se estás disposto a cumprir o contrato.

Depois diz-me quais são as tuas expectativas em relação a este processo, ou seja, o que é que esperas que aconteça quando vires, sem sombra de dúvidas, que um eu separado é uma ilusão?

Canfora

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Thu Aug 01, 2013 9:58 pm

Esqueci-me de uma pergunta: o que é que te trouxe à LU, qual é que tem sido o teu caminho?

User avatar
alguidar
Posts: 145
Joined: Sun Jan 13, 2013 9:01 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby alguidar » Thu Aug 01, 2013 10:05 pm

Olá Canfora.

Chamo-me Marco, muito gosto em conhecer-te.

Já li o disclaimer, e percebi tudo tudo o que está lá escrito bem como estou disposto a cumprir o contrato.

Vamos à parte interessante:

O que me trouxe à LU foi aquele desejo de descobrir o sentido da vida.

O meu caminho tem sido ler e ver vídeos sobre non duality, ando a explorar.

Expectativas:

1) tenho a expectativa da minha experiência subjectiva ser diferente daquela que experimento agora.

2) tenho a expectativa de ter uma grande redução de useless thoughts e daydreaming.

3) tenho a expectativa de ter um raw understanding de que o ´eu´ é uma ilusão e não apenas um entendimento intelectual.

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Thu Aug 01, 2013 10:30 pm

Viva Marco, o meu nome é Sandra.

Obrigada pelas respostas. As tuas expectativas são "pacíficas" por isso vamos deixá-las de lado e voltar a falar delas se necessário.

Sei que já conversaste com um guia, mas não me lembro do conteúdo do diálogo e não penso ir lê-lo.

Tens alguma ideia sobre o porquê de não teres visto na altura que um eu separado é uma ilusão? O que é que te bloqueou?

Se eu disser: não existe um eu separado na realidade, não há nenhum Marco, nunca houve e nem nunca poderá haver. Não há um Marco que controla, gere, observa, decide, escreve. A vida está a acontecer naturalmente, por si mesma, simplesmente a acontecer.

o que é que pensas sobre isto, o que é que te faz sentir?

Até amanhã, Marco :)

User avatar
alguidar
Posts: 145
Joined: Sun Jan 13, 2013 9:01 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby alguidar » Thu Aug 01, 2013 10:50 pm

Viva Marco, o meu nome é Sandra.

Obrigada pelas respostas. As tuas expectativas são "pacíficas" por isso vamos deixá-las de lado e voltar a falar delas se necessário.

Sei que já conversaste com um guia, mas não me lembro do conteúdo do diálogo e não penso ir lê-lo.
Tens alguma ideia sobre o porquê de não teres visto na altura que um eu separado é uma ilusão? O que é que te bloqueou?
Tenho Sandra, acho que apenas entendi intelectualmente.
Se eu disser: não existe um eu separado na realidade, não há nenhum Marco, nunca houve e nem nunca poderá haver. Não há um Marco que controla, gere, observa, decide, escreve. A vida está a acontecer naturalmente, por si mesma, simplesmente a acontecer.

o que é que pensas sobre isto, o que é que te faz sentir?


Penso que é verdade, mas não SINTO que é verdade.

Não me faz sentir nada de especial.


Grato pela tua atenção.

Sei dar valor a estares aqui a perderes o teu precioso tempo com isto.

See you soon.

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Fri Aug 02, 2013 11:54 am

Tenho Sandra, acho que apenas entendi intelectualmente. Penso que é verdade, mas não SINTO que é verdade.
Há pessoas que ao ver que o eu é uma ilusão passam por estados alterados de consciência e cuja vida muda radicalmente.

E há pessoas a quem basta um momento para verem esta ilusão e que nunca mais acreditam no eu - mesmo quando tem pensamentos sobre a realidade do seu eu - e continuam basicamente a ter a mesma experiência de vida.

Somos todos únicos e as experiências que temos são todas elas diferentes.
Penso que é verdade, mas não SINTO que é verdade.
Pensas que é verdade.

E acreditas neste pensamento. Porquê?

Para ti o que é o eu?

O que é que consegues ver que prova que o eu é real?
Grato pela tua atenção.

Sei dar valor a estares aqui a perderes o teu precioso tempo com isto.
Grata por estares aqui. Não há nada para perder :)

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Fri Aug 02, 2013 12:30 pm

Marco, pedi à administração para passar a nossa conversa para a Internacional Guiding Area / Other Languages. Este thread vai mudar de sítio.

Recebes um mail quando eu escrevo aqui? Suponho que sim, mas se não recebes podes activar a opção "Notify me when a reply is posted", no fundo desta página (depois de fazeres login).

User avatar
alguidar
Posts: 145
Joined: Sun Jan 13, 2013 9:01 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby alguidar » Fri Aug 02, 2013 2:50 pm

Penso que é verdade, mas não SINTO que é verdade.
Pensas que é verdade.
E acreditas neste pensamento. Porquê?

Se acredito no pensamento de que o ´eu´ é uma ilusão?
Yah, acredito. Mas acreditar nos pensamentos pode ser tricky. lol
Para ti o que é o eu?
É a ideia de que há cá dentro alguém independente, que toma decisões, que tem livre arbitrio, e que tem uma imagem a defender.
O que é que consegues ver que prova que o eu é real?
Não sei responder a isto, mas funciono como se o ´eu´ fosse real.
Sinto que sou ´eu´ a decidir se vou ao cinema ou se vou à praia.
Tenho um strong feeling que há um decisor dentro da minha cabecinha.

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Fri Aug 02, 2013 7:42 pm

Se acredito no pensamento de que o ´eu´ é uma ilusão?
Yah, acredito. Mas acreditar nos pensamentos pode ser tricky. lol
Pois pode :) . Principalmente quando estamos a utilizar o pensamento como uma ferramenta para ir além do pensamento, como é aqui o caso. Pensar não é ver.

Ver que o eu é uma ilusão é diferente de pensar que o eu é uma ilusão.
Habitualmente, ver implica experienciar a visão de algo. Neste caso estamos a falar de "ver" que algo é uma ilusão.
Aparentemente é ainda mais complicado, mas na realidade não é, o que impede este ver é a crença na realidade do conteúdo dos pensamentos.

Tu sabes que o Pai Natal não existe. Podes ver evidências desta personagem em todos os lados, no mês de Dezembro e não só. E nunca esperas dar de caras com o verdadeiro Pai Natal.
A diferença com o eu é que estamos condicionados a pensar que somos um eu, mas o eu também é uma espécie de personagem que acreditamos ser porque não questionamos a sua existência.

O objectivo aqui não é fazer-te acreditar no pensamento de que o eu não existe - é óbvio que isso não chega, até porque não é possível convencer-te do que quer que seja, tens de ver por ti. O que te peço que faças é que procures este eu que pensas que és. Se não o conseguires ver em lado nenhum, se não houver provas da sua existência, este eu não pode ser real, pois não?
É a ideia de que há cá dentro alguém independente, que toma decisões, que tem livre arbitrio, e que tem uma imagem a defender.
Sim, o eu é uma ideia. E uma ideia é algo real, que pode ser experienciado com os nossos sentidos? Como uma mão ou o calor do Sol?
Não sei responder a isto, mas funciono como se o ´eu´ fosse real.
Sinto que sou ´eu´ a decidir se vou ao cinema ou se vou à praia.
Tenho um strong feeling que há um decisor dentro da minha cabecinha.
Claro que funcionas como se o eu fosse real. Fazemos todos isso. Conheces alguém que não o faça?

Sentes que decides. Mas há um decisor dentro dessa cabecinha que decide ou a decisão acontece por si mesma?

Se eu te disser: "Levanta-te já!" o que é que acontece? Como é que a decisão de te levantares ou não funciona? Faz de conta que és um cientista, olha para a tua experiência e relata-me os factos quando tiveres a certeza daquilo que viste.

Não te esqueças de me dizer se, apesar do "strong feeling que há um decisor dentro da minha cabecinha", tiveste alguma prova da existência deste decisor.

User avatar
alguidar
Posts: 145
Joined: Sun Jan 13, 2013 9:01 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby alguidar » Fri Aug 02, 2013 10:17 pm

Se não o conseguires ver em lado nenhum, se não houver provas da sua existência, este eu não pode ser real, pois não?
Eu procuro e à conclusão que chego é que o ´eu´ é uma construção mental, um aglomerado de pensamentos
com os quais eu me identifico.

Respondendo à questão, o ´eu´ não é real, só existe nos pensamentos como o pai natal.
Claro que funcionas como se o eu fosse real. Fazemos todos isso. Conheces alguém que não o faça?
Não, não conheço.
Sentes que decides. Mas há um decisor dentro dessa cabecinha que decide ou a decisão acontece por si mesma?

Epah, eu sinto que há um decisor. Mas é estranho porque quando o procuro não consigo encontrar. lol

Se eu te disser: "Levanta-te já!" o que é que acontece? Como é que a decisão de te levantares ou não funciona? Faz de conta que és um cientista, olha para a tua experiência e relata-me os factos quando tiveres a certeza daquilo que viste.


Se eu te disser: "Levanta-te já!" o que é que acontece?


Fico sentado ou levanto-me, conforme me der na telha.

Como é que a decisão de te levantares ou não funciona?


Ok vou ser cientista, leio as palavras que estão no monitor "Levanta-te já!", depois as palavras são
processadas no cérebro, seguidamente saí uma decisão e começam os movimentos corporais para me por de pé ou então continuo sentado a ler as tuas questões.

Este processo aparenta ser automático sem haver decisor algum.


Não te esqueças de me dizer se, apesar do "strong feeling que há um decisor dentro da minha cabecinha", tiveste alguma prova da existência deste decisor.


Não, não parece existir um decisor. Pelo menos não tenho provas disso.

O que é intrigante é isto:

O Pai Natal não existe: acredito a 100%
O PIB vai crescer em 2015: acredito a 50%.
A terra é redonda: acredito a 100%
A velocidade da luz é superior à do som: acredito a 100%
O decisor é uma ilusão: acredito a 50%

Que devo fazer para acreditar que o decisor é uma ilusão a 100%?



abraço
Marco

User avatar
Canfora
Posts: 3860
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby Canfora » Sat Aug 03, 2013 9:03 am

Obrigada pelas respostas, Marco.
Eu procuro e à conclusão que chego é que o ´eu´ é uma construção mental, um aglomerado de pensamentos
com os quais eu me identifico.

Respondendo à questão, o ´eu´ não é real, só existe nos pensamentos como o pai natal.
Sim, também é essa a minha conclusão quando procuro o eu e não o encontro.
Epah, eu sinto que há um decisor. Mas é estranho porque quando o procuro não consigo encontrar. lol
Pois, eu também não encontro um eu que decide ou que faz o que quer que seja.
Ok vou ser cientista, leio as palavras que estão no monitor "Levanta-te já!", depois as palavras são
processadas no cérebro, seguidamente saí uma decisão e começam os movimentos corporais para me por de pé ou então continuo sentado a ler as tuas questões.

Este processo aparenta ser automático sem haver decisor algum.
Aparenta não chega. Aparenta quer dizer que duvidas :)
Continua a investigar. O que é que acontece primeiro, a acção ou o pensamento?

Quando andas, à alguém a controlar o andar ou acontece automáticamente? Como é que as decisões de virar à esquerda ou à direita acontecem?

Quando acordas, o que é que te faz levantar da cama? O pensamento tem esse poder, há um "eu" que controla o momento em que te levantas?

Se tiveres de decidir entre comer hamburguer ou pizza, há um decisor dentro de ti que te faz escolher, ou a decisão acontece de forma expontânea e a voz na cabeça diz "prefiro um MacBacon?".

Alguém decide escrever aqui? Ou o escrever acontece?

Observa o Marco durante 1 dia, uma semana, 1 mês ou mais, se necessário - decisões acontecem, mas consegues ver alguma prova de que há um Marco que decide?

Vai-me dizendo o que descobres :)
Não, não parece existir um decisor. Pelo menos não tenho provas disso.
É possível que apareçam pensamentos do tipo "Eu é que escolho", etc... Vê se são verdadeiros ou não. Há um decisor ou há pensamentos que fazem crer que há um decisor?
O Pai Natal não existe: acredito a 100%
O PIB vai crescer em 2015: acredito a 50%.
A terra é redonda: acredito a 100%
A velocidade da luz é superior à do som: acredito a 100%
O decisor é uma ilusão: acredito a 50%

Que devo fazer para acreditar que o decisor é uma ilusão a 100%?
Não se trata de acreditar Marco.
Trata-se de ver que não há decisor, não há um eu que decide.
Acreditar é uma coisa do pensamento.
Ver é uma coisa que vem das tripas, do coração.
Acreditas em tudo o que pensas? Nunca te acontece pensares algo e estares errado?

Achas que os pensamentos sobre a realidade são a realidade?

Outra experiência :)

Se olhares à tua volta e "dentro" de ti neste momento, consegues ver um eu a olhar, ou o olhar acontece sem um eu?

abraço, Sandra

User avatar
alguidar
Posts: 145
Joined: Sun Jan 13, 2013 9:01 pm

Re: Dear Guide, can you awake ´me´?

Postby alguidar » Sat Aug 03, 2013 11:50 am

Aparenta não chega. Aparenta quer dizer que duvidas :)
Continua a investigar. O que é que acontece primeiro, a acção ou o pensamento?
Geralmente acção acontece primeiro depois o pensamento vem a seguir a contar um história sobre a acção.

Mas não é assim tão simples, às vezes, numa decisão complexa consideras os prós e contras no
pensamento e depois decides.
Aqui há um sentimento muito forte de um decisor, a encarnar o personagem de "alguém que toma boas decisões".
Quando andas, há alguém a controlar o andar ou acontece automáticamente? Como é que as decisões de virar à esquerda ou à direita acontecem?
O andar acontece automaticamente, não há um ´eu´ a dizer: "perna prá frente, braços pra trás etc"
As decisões de virar tb são espontâneas a não ser que sejam precedidas de uma tomada de decisão complexa
que envolva muito pensamento.
Quando acordas, o que é que te faz levantar da cama? O pensamento tem esse poder, há um "eu" que controla o momento em que te levantas?
Depende, às vezes penso " vou me levantar pois já estou farto de estar na cama" e levanto-me.

Outras vezes é espontâneo, levanto-me sem ter um pensamento prévio.

Se tiveres de decidir entre comer hamburguer ou pizza, há um decisor dentro de ti que te faz escolher, ou a decisão acontece de forma expontânea e a voz na cabeça diz "prefiro um MacBacon?".
Aqui sinto que há um decisor, nas raras vezes em que como junk food, iria escolher hamburger ao invés de pizza porque a repartição de macronutrientes é a mais adequada ao tipo de alimentação que faço. (sou entusiasta do fitness e nutrição)

Alguém decide escrever aqui? Ou o escrever acontece?
Estranhamente, ao estar aqui a escrever não sinto o decisor. O escrever acontece.


Observa o Marco durante 1 dia, uma semana, 1 mês ou mais, se necessário - decisões acontecem, mas consegues ver alguma prova de que há um Marco que decide?

Vai-me dizendo o que descobres :)
Will do.
É possível que apareçam pensamentos do tipo "Eu é que escolho", etc... Vê se são verdadeiros ou não. Há um decisor ou há pensamentos que fazem crer que há um decisor?

Nas tomadas de decisão complexas sinto que há um decisor. Eu já não ligo muito aos pensamentos.

A maioria dos pensamentos é só meaningless lenga lenga.


Não se trata de acreditar Marco.
Trata-se de ver que não há decisor, não há um eu que decide.
Acreditar é uma coisa do pensamento.
Ver é uma coisa que vem das tripas, do coração.
É isto que sinto que me falta, aquilo a que eu chamo de raw understanding.
Acreditas em tudo o que pensas? Nunca te acontece pensares algo e estares errado?
Não, não acredito em tudo o que penso. Às vezes até vejo que é só o ego a falar.
Achas que os pensamentos sobre a realidade são a realidade?
Não, a realidade é a realidade mas os pensamentos sobre a realidade são apenas uma história.

Se bem que há pensamentos mais verdadeiros que outros:

Por exemplo, o pensamento " a terra é plana" é menos verdadeiro do que " a terra é redonda".
Se olhares à tua volta e "dentro" de ti neste momento, consegues ver um eu a olhar, ou o olhar acontece sem um eu?
Não, não encontro nenhum ´eu´, o olhar apenas acontece.

A conclusão que chego é que só encontro um eu quando tenho de tomar uma decisão complexa e considerar
multiplas variáveis e imaginar vários cenários possíveis.


abc
marco


Return to “ARCHIVES”

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 74 guests