Alguém pode me guiar?

User avatar
Watts
Posts: 11
Joined: Sun Oct 26, 2014 8:57 pm

Alguém pode me guiar?

Postby Watts » Sun Oct 26, 2014 9:00 pm

Olá, gostaria de saber se poderiam me guiar?
Eu já iniciei este procedimento uma vez, mas já fazem uns 3 anos e por motivos diversos não finalizei. Gostaria de tentar de novo :)

Grato.

User avatar
Canfora
Posts: 3833
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Canfora » Mon Oct 27, 2014 10:32 am

Olá Watts e bem vindo à Liberation Unleashed!

Leste o disclaimer e as FAQs? Se não leste agradeço que o faças:
http://liberationunleashed.com/liberati ... ortuguese/
http://liberationunleashed.com/faq-portuguese/

Que caminho é que te trouxe aqui? Como é que descobriste este forúm?

Quais são as tuas expetativas? O que é que esperas que mude quando vires que o eu separado não existe?

Sandra

User avatar
Watts
Posts: 11
Joined: Sun Oct 26, 2014 8:57 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Watts » Mon Oct 27, 2014 11:03 am

Olá, Sandra!
Que caminho é que te trouxe aqui? Como é que descobriste este forúm?
Bem, o site já conheço fazem uns anos, mas o que me traz até aqui é a busca pela paz interior e fim da angústia pessoal cotidiana. Meu interesse pelo assunto e por budismo me fizeram chegar ao site de alguma maneira.
Quais são as tuas expetativas? O que é que esperas que mude quando vires que o eu separado não existe?
minhas expectativas são dirimir minhas dúvidas existenciais e espirituais constantes (livre arbítrio, escolhas), que realmente me deixam estagnado, bem como viver com confiança nos meus atos e sem medo, através da realização da verdade.

ah, pode me chamar de Allan. Watts é só um nickname :)

User avatar
Canfora
Posts: 3833
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Canfora » Mon Oct 27, 2014 1:54 pm

Ah, Allan Watts, uma boa escolha de nome!
o que me traz até aqui é a busca pela paz interior e fim da angústia pessoal cotidiana
Compreendo perfeitamente o que dizes. Sugiro que entres nesta investigação sem teres um fim em vista. Uma expetativa pode fazer com que fiquemos presos a um ideal de futuro, sem aceitar o que se passa aqui e agora.

Era importante que, por enquanto, deixasses de ler e ver vídeos sobre assuntos espirituais, de forma a olhares para a tua própria experiência sem fazeres comparações com o que é dito por outras pessoas.

Se percebes bem o inglês, ler as conversas aqui no forúm e o livro da LU - http://liberationunleashed.com/wp-conte ... ashers.pdf é uma boa ideia e uma boa alternativa.
minhas expectativas são dirimir minhas dúvidas existenciais e espirituais constantes (livre arbítrio, escolhas), que realmente me deixam estagnado, bem como viver com confiança nos meus atos e sem medo, através da realização da verdade.
Vamos então começar a andar e ver o que é que vai acontecendo pelo caminho :)

Qual é a tua ideia sobre o que é o eu, Allan?

E como é que fazes para distingir se algo é verdade ou não? Por exemplo, neste momento, dá-me um exemplo de algo que para ti é verdadeiro e de algo que para ti não é verdadeiro.

User avatar
Watts
Posts: 11
Joined: Sun Oct 26, 2014 8:57 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Watts » Mon Oct 27, 2014 5:14 pm


Era importante que, por enquanto, deixasses de ler e ver vídeos sobre assuntos espirituais, de forma a olhares para a tua própria experiência sem fazeres comparações com o que é dito por outras pessoas. 
Ok! Eu andava lendo bastante sobre técnicas de liberação de emoções, como o focusing do Eugene Gendlin, e acho que os efeitos deles acabam por ser uma das expectativas minhas também. Mas tudo certo, pararei sim :)
Qual é a tua ideia sobre o que é o eu, Allan? 

E como é que fazes para distingir se algo é verdade ou não? Por exemplo, neste momento, dá-me um exemplo de algo que para ti é verdadeiro e de algo que para ti não é verdadeiro.
Bem, o eu é uma ideia, mas na minha experiência posso sentir um nível de controle das escolhas, apesar de ter noção da existência de situações fora do meu alcance.

No nível sensorial, o verdadeiro é o que posso sentir. Agora, por exemplo, sinto contrações frutos de diálogo interno intenso, fome e tensão nos ombros. Minha mente diz coisas que não estão acontecendo agora, mas acredito nelas.

User avatar
Canfora
Posts: 3833
Joined: Wed May 22, 2013 2:58 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Canfora » Mon Oct 27, 2014 9:53 pm

Ok! Eu andava lendo bastante sobre técnicas de liberação de emoções, como o focusing do Eugene Gendlin, e acho que os efeitos deles acabam por ser uma das expectativas minhas também. Mas tudo certo, pararei sim :)
O assunto parece-me bastante interessante. Podes voltar a ele depois :)

Se eu te disser que o eu separado não existe, nunca existiu e nunca existirá, estas afirmações provocam-te alguma reação? Sentes medo, alívio, ou outra coisa? Em que é que pensas quando consideras esta possibilidade?
o eu é uma ideia
O que é que queres dizer com o eu ser uma ideia? Isto é algo que tu pensas que é verdade ou vem de olhar para a vida e não encontrar um eu em lado nenhum - ver na tua experiência que o eu só existe em pensamentos?
Minha mente diz coisas que não estão acontecendo agora, mas acredito nelas.
Neste momento, o que é que te leva a acreditar num eu? O que é que vês a acontecer aqui e agora, que te faz acreditar que um eu existe?

User avatar
Watts
Posts: 11
Joined: Sun Oct 26, 2014 8:57 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Watts » Tue Oct 28, 2014 1:06 am

Se eu te disser que o eu separado não existe, nunca existiu e nunca existirá, estas afirmações provocam-te alguma reação? Sentes medo, alívio, ou outra coisa? Em que é que pensas quando consideras esta possibilidade?
Reajo com argumentos. Além da angústia, me vêm argumentos de que eu tenho livre-arbítrio e controle sobre ações. Além de uma vontade muito grande de me livrar destes sentimentos ruins.
O que é que queres dizer com o eu ser uma ideia? Isto é algo que tu pensas que é verdade ou vem de olhar para a vida e não encontrar um eu em lado nenhum - ver na tua experiência que o eu só existe em pensamentos?
Não enxergo um eu na minha experiência direta de visão, mas eu tenho sensação de controle. Se posso pensar em mais de uma opção, ponderar fatos e fazer uma escolha, acredito que tenho controle.
Neste momento, o que é que te leva a acreditar num eu? O que é que vês a acontecer aqui e agora, que te faz acreditar que um eu existe?
Pensamentos argumentando a existência desse eu.

User avatar
Fabíola
Posts: 87
Joined: Thu Oct 09, 2014 4:17 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Fabíola » Tue Oct 28, 2014 7:48 pm

Olá Watts!

Se não te importas, a partir de agora vou ser eu a guiar-te dado que a Sandra de momento não pode.

Gostaria que confirmasses se leste o Disclaimer e as FAQs:

http://liberationunleashed.com/liberati ... ortuguese/

http://liberationunleashed.com/faq-portuguese/

Dado que já iniciaste este procedimento uma vez, deves estar a par de algumas linhas de orientação. Por favor concirma-o:

1 - Concordas em postar pelo menos uma vez por dia.
2 - Habitualmente colocarei questões a para tu responderes.
3 - As respostas requerem absoluta honestidade.
4 - É preferível que as respostas provenham da experiência directa (sentidos percepcionados e pensamentos observados). É preferível evitar longas e prolixas respostas analíticas ou filosóficas. Elas podem impedir o progresso.
5 - Até ao restante desta investigação, põe de lado outros ensinamentos, filosofias. Coloca todo o teu empenho e atenção em veres a realidade tal como ela é. Se estiveres a seguir uma prática diária de meditação podes continuá-la.
6 - Aprende a usar a função quote, cujas instruções poderás encontrar no seguinte link:
http://liberationunleashed.com/nation/v ... f=4&t=660”

Prosseguindo então na investigação que tens vindo aqui a realizar,
Canfora wrote:Se eu te disser que o eu separado não existe, nunca existiu e nunca existirá, estas afirmações provocam-te alguma reação? Sentes medo, alívio, ou outra coisa? Em que é que pensas quando consideras esta possibilidade?


Reajo com argumentos. Além da angústia, me vêm argumentos de que eu tenho livre-arbítrio e controle sobre ações. Além de uma vontade muito grande de me livrar destes sentimentos ruins.
Fala dessa angústia que dizes sentir. Como se manifesta? Onde é sentida?
Como se manifestam e onde são sentidos esses argumentos de que tens livre arbítrio e controle sobre acções?
Como e onde se manifesta e é sentida essa vontade?

. Por favor, responde a partir da tua experiência directa.

Ana
"When it blows the mountain wind is boisterous, but when it blows not It simply blows not." Ikkyu

User avatar
Watts
Posts: 11
Joined: Sun Oct 26, 2014 8:57 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Watts » Tue Oct 28, 2014 9:19 pm

Olá Ana, prazer :)
Gostaria que confirmasses se leste o Disclaimer e as FAQs:

http://liberationunleashed.com/liberati ... ortuguese/

http://liberationunleashed.com/faq-portuguese/

Dado que já iniciaste este procedimento uma vez, deves estar a par de algumas linhas de orientação. Por favor concirma-o:

1 - Concordas em postar pelo menos uma vez por dia.
2 - Habitualmente colocarei questões a para tu responderes.
3 - As respostas requerem absoluta honestidade.
4 - É preferível que as respostas provenham da experiência directa (sentidos percepcionados e pensamentos observados). É preferível evitar longas e prolixas respostas analíticas ou filosóficas. Elas podem impedir o progresso.
5 - Até ao restante desta investigação, põe de lado outros ensinamentos, filosofias. Coloca todo o teu empenho e atenção em veres a realidade tal como ela é. Se estiveres a seguir uma prática diária de meditação podes continuá-la.
6 - Aprende a usar a função quote, cujas instruções poderás encontrar no seguinte link:
http://liberationunleashed.com/nation/v ... f=4&t=660”
Ok, tudo em ordem.
Fala dessa angústia que dizes sentir. Como se manifesta? Onde é sentida?
Como se manifestam e onde são sentidos esses argumentos de que tens livre arbítrio e controle sobre acções?
Como e onde se manifesta e é sentida essa vontade?

. Por favor, responde a partir da tua experiência directa.
Se manifestam como energias carregadas na testa, na nuca e na barriga. São argumentos muito fortes. Aquela sensação de tentar entender somado a possível frustração, medo de agir de forma errada, de não ser feliz. E essas vozes e energias dão plena convicção de que eu possuo controle e livre-arbítrio.
A vontade vem dos mesmos lugares e aparece como impulsão mesmo. Uma sensação de que tenho que me livrar desses sentimentos ruins. Mas todas elas surgem como uma grande confusão que às vezes fica até difícil detectar de onde vem cada uma delas.

User avatar
Fabíola
Posts: 87
Joined: Thu Oct 09, 2014 4:17 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Fabíola » Wed Oct 29, 2014 4:23 pm

Bom dia Watts!
São argumentos muito fortes. Aquela sensação de tentar entender somado a possível frustração, medo de agir de forma errada, de não ser feliz
Após a leitura das tuas palavras (das quais tomo como exemplo as cotadas acima), surgiu-me o sentimento de que estás a viver uma enorme angústia desencadeada pela tensão entre o te aperceberes que sentes dúvidas, que de facto não sabes, e a tua convivção de que poderias ter certezas, teres a realização da verdade. Quanto mais te apercebes de que não sabes, maiores são as angústias e a tensão.

Como a crença num 'eu', numa entidade que pode decidir e não se enganar, está lá, ficas estagnado pela responsabilidade, pelo medo de fazeres alguma coisa errada e não seres feliz. É uma espécie de paradoxo de onde não sabes como saír, pois quanto mais tentas menos consegues, mais ficas tenso e mais a confusão aumenta.

Que te parece?

Repara numa coisa:

Já viste que essa tua crença muito funda nesse 'eu'', um 'eu' que é o autor das acções, um eu que toma decisões e muda o curso dos acontecimentos, está por detrás de toda essa confusão e angústia?

Vamos então procurar perceber se existe de facto esse tal 'eu', essa tal poderosa entidade separada.

Ao perguntar-te como se manifesta e onde é sentida a angústia e a vontade, respondeste:
Se manifestam como energias carregadas na testa, na nuca e na barriga. São argumentos muito fortes. Aquela sensação de tentar entender somado a possível frustração, medo de agir de forma errada, de não ser feliz. E essas vozes e energias dão plena convicção de que eu possuo controle e livre-arbítrio.
A vontade vem dos mesmos lugares e aparece como impulsão mesmo. Uma sensação de que tenho que me livrar desses sentimentos ruins. Mas todas elas surgem como uma grande confusão que às vezes fica até difícil detectar de onde vem cada uma delas.
- Olha e diz, quando essa angústia surge, podes encontrar algum 'eu'? Ou somente energias em partes do corpo?

- Quando essa vontade surge, podes encontrar alguma entidade que decide e que é autora das suas acções, ou somente o pensamento de que tens de te livrar desses sentimentos ruins, uma grande confusão?
"When it blows the mountain wind is boisterous, but when it blows not It simply blows not." Ikkyu

User avatar
Watts
Posts: 11
Joined: Sun Oct 26, 2014 8:57 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Watts » Thu Oct 30, 2014 12:38 am

Após a leitura das tuas palavras (das quais tomo como exemplo as cotadas acima), surgiu-me o sentimento de que estás a viver uma enorme angústia desencadeada pela tensão entre o te aperceberes que sentes dúvidas, que de facto não sabes, e a tua convivção de que poderias ter certezas, teres a realização da verdade. Quanto mais te apercebes de que não sabes, maiores são as angústias e a tensão.

Como a crença num 'eu', numa entidade que pode decidir e não se enganar, está lá, ficas estagnado pela responsabilidade, pelo medo de fazeres alguma coisa errada e não seres feliz. É uma espécie de paradoxo de onde não sabes como saír, pois quanto mais tentas menos consegues, mais ficas tenso e mais a confusão aumenta.

Que te parece?
Uau, faz bastante sentido sim.
- Olha e diz, quando essa angústia surge, podes encontrar algum 'eu'? Ou somente energias em partes do corpo?
Não, as energias surgem e logo em seguida as reações. Daí então a sensação de controle. E uma espécie de "batalha".
- Quando essa vontade surge, podes encontrar alguma entidade que decide e que é autora das suas acções, ou somente o pensamento de que tens de te livrar desses sentimentos ruins, uma grande confusão?
Não, mas a partir de então parece que eu seleciono os próximos pensamentos.

User avatar
Fabíola
Posts: 87
Joined: Thu Oct 09, 2014 4:17 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Fabíola » Thu Oct 30, 2014 9:46 am

Bom dia!

Vamos então prosseguir.
as energias surgem e logo em seguida as reações. Daí então a sensação de controle. E uma espécie de "batalha".
Descreveste aqui está sequência:

energias - reacções - sensação de controle

Tal como observaste as reacções surgem logo a seguir às energias terem surgido, e isso dá-te uma sensação de controle, de capacidade de decisão. Ora peço-te que observes mais em detalhe tudo quanto ocorre nessa sequência. Vais ver que a certa altura surge também o pensamento. Poderá ser, por exemplo:

energias - reacções - pensamento (sinto que controlo as minhas reacçoes)

Ou então:
Não, mas a partir de então parece que eu seleciono os próximos pensamentos.


energias - pensamento (eu posso controlar as minhas acções, por isso eu vou agir assim) - acção -pensamento (eu agi assim, por isso tenho a capacidade de controlar as minhas acções e pensamentos)

Na realidade, em qualquer dos casos, tudo quanto consegues observar são sensações, pensamentos e acções que decorrem todos uns dos outros. Mas o famoso 'eu' que decide, esse, só vai aparecer no pensamento 'sou eu que estou aqui a decidir).

Ou seja, o que acontece é que o pensamento procura descrever o que sucede dando-lhe nomes, procura dar-lhe sentido atribuindo-lhe significados. O 'eu', o 'decisor', surge apenas como mais um pensamento uma espécie de corolário lógico desse processo:

pensamento (se isto aconteceu assim, logo, fui eu) - pensamento (sou eu que sou capaz de pensar sobre estas coisas)

Que é a sequência que referiste por último, a sensação de que podes escolher os próximos pensamentos!

Ora faz lá este exercício:

1 - Observa com toda a atenção o que está a acontecer neste preciso momento. Observa as sensações, sentimentos, pensamentos, reacções.... E descreve-os aqui em detalhe.

2 - Onde surgiu o 'eu' no meio de tudo isso?

Nota - Faz este exercício com calma e com uma observação atenta, não procures responder de repente.

Tem um dia bom,

Ana
"When it blows the mountain wind is boisterous, but when it blows not It simply blows not." Ikkyu

User avatar
Watts
Posts: 11
Joined: Sun Oct 26, 2014 8:57 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Watts » Sat Nov 08, 2014 3:41 pm

Olá, Ana. Perdão pelo tempo distante, sei que é recomendado postar pelo menos uma vez por dia. Minha rotina foi puxada, me desculpa.
1 - Observa com toda a atenção o que está a acontecer neste preciso momento. Observa as sensações, sentimentos, pensamentos, reacções.... E descreve-os aqui em detalhe.

2 - Onde surgiu o 'eu' no meio de tudo isso?
1 - Há uma grande crise de personalidade. Me mudei tem pouco tempo e a minha vida, tanto pessoal, quanto profissional, sofreu uma reviravolta. Acordo pensando nisso, há uma sensação de angústia. Junto, penso em liberar essas emoções, em iluminação. Muita insegurança. Frio na barriga (angústia), tensão nos ombros. Sensação de que esse processo não vai dar certo, nem nenhum processo de liberação. As reações são argumentos dos mais diversos, tentativa de entender tudo que está acontecendo, a melhor forma de liberar essas emoções. Dúvidas sobre livre-arbítrio e escolha. Muita insegurança ainda. Não saber como agir.

2 - Tudo está acontecendo ao mesmo tempo, mas a sensação de controle realmente vem após os sentimentos. No momento da reação. A sensação é real. Eu realmente acho que estou digitando e que posso parar no momento que quiser. Mas ele apenas surge.

User avatar
Fabíola
Posts: 87
Joined: Thu Oct 09, 2014 4:17 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Fabíola » Mon Nov 10, 2014 4:38 am

Viva Watts!

Que bom que você está aqui de novo!

Você sente que mudou. Nós sempre mudamos, às vezes mais depressa que outras. Não somos de facto estáticos nem imutáveis.

A sua apreensão sai desse momento coconturbado que está a viver. Observe esse facto, as emoções que vão surgindo, os nomes que o pensamento lhes dá...

Repare como acontecem!

Você consegue escolher os seus pensamentos e emoções?

Existe algum autor de seus pensamentos e emoções?

Existe um self a controlar pensamentos e emoções?

Observe com atenção!

Vamos então ver se agora já há condições para que possamos prosseguir o nosso diálogo com a regularidade suficiente.

Até amanhã!
"When it blows the mountain wind is boisterous, but when it blows not It simply blows not." Ikkyu

User avatar
Fabíola
Posts: 87
Joined: Thu Oct 09, 2014 4:17 pm

Re: Alguém pode me guiar?

Postby Fabíola » Tue Nov 11, 2014 3:37 pm

Olá Allain!

Era importante que você conseguisse ir mantendo o nosso diálogo todos os dias. Isso poderia ajudá-lo a questionar e compreender as coisas com mais clareza.

Talvez você passe por momentos complicados ou de dúvida. Não há nenhum mal nisso, não está sozinho. Vamos co. Vamos lá, espero por si! :-)
"When it blows the mountain wind is boisterous, but when it blows not It simply blows not." Ikkyu


Return to “Português”

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 0 guests